O Festival

24º Festival Isnard Azevedo

A cidade do teatro.

A Cidade do Teatro. É assim que Florianópolis poderá ser chamada até o próximo dia 29 de setembro durante mais uma edição do Floripa Teatro – Festival Isnard Azevedo, que chega à 24ª edição com a maior programação da sua história. Ao todo, 164 atividades gratuitas serão realizadas nos principais teatros, salas e espaços abertos em Florianópolis.

Para esta edição, estão confirmadas a participação de aproximadamente 400 artistas de seis estados brasileiros e ainda da Inglaterra, Israel, Nova Zelândia, Colômbia e Argentina. No total, são 68 grupos teatrais, 80 espetáculos e 28 ações formativas. 

A programação do Floripa Teatro – 24º Festival Isnard Azevedo inclui Mostra Oficial, Mostra Quintais Cênicos, Mostra Paralela, Cena Universitária, ações formativas, rodas de conversa, palestras, debates, exposição fotográfica, lançamentos de livros e ainda a entrega do Troféu Isnard Azevedo, em homenagem a uma personalidade da área. Confira a programação completa abaixo.

O Teatro da Ubro receberá a abertura oficial do festival no dia 13 de setembro, às 20h30, com o espetáculo convidado pela 3ª Mostra Quintais Cênicos ‘O Maravilhoso Cabaré’, de Curitiba (PR). O espetáculo faz uma mistura entre o formato cabaré com antigos programas de auditórios, misturando dança, humor e entrevistas com artistas da noite. Para os espetáculos em espaços fechados, os ingressos serão distribuídos gratuitamente uma hora antes de cada sessão, na bilheteria do local.

Diversidade e Conteúdo.

A vasta programação do Floripa Teatro 2019 será dividida em três grandes etapas. A primeira, teve início no dia 8, com a oficina de performance ‘Procura-se um Corpo’, com Tânia Farias, de Porto Alegre (RS). A proposta é refletir sobre o passado recente e as feridas ainda abertas por causa da ditadura militar. A formação é diária, no Teatro da Ubro, e terminará com uma apresentação no dia 13, no mesmo local. na Escadaria em frente ao Teatro.

Outras ações formativas ocorrem na Casa da Memória, no Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (Ceart/Udesc), e nos teatros Álvaro de Carvalho.

Já de 13 a 20 ocorre a Mostra Quintais Cênicos, levando teatro e oficinas teatrais a diversos pontos da Ilha: Quintal Bapho Cultural (Centro), Quintal Barra da Lagoa (Barra da Lagoa), Quintal Casa Vermelha (Centro), Quintal Círculo Artístico Teodora (Campeche), Quintal Nau Catarineta (Santo Antônio de Lisboa) e Quintal Quilombo Estúdio (Itacorubi).

Essa etapa inclui também espetáculos convidados e a Cena Universitária, com atividades no Ceart/Udesc e no Teatro Álvaro de Carvalho.

A Mostra Oficial, que terá 45 atrações, é a terceira e última fase do Floripa Teatro. A abertura será no dia 20 de setembro, no Teatro Álvaro de Carvalho, com o espetáculo convidado ‘Adeus Palhaços Mortos’, da Academia de Palhaços de São Paulo (SP). A peça conta a história de três artistas circenses que se reencontram depois de muitos anos e vão fazer teste numa agência de empregos, sabendo que somente um será escolhido. 

Encerramento com atração especial.

Para fechar um mês de muito teatro e cultura pelas ruas e teatros de Florianópolis, o Floripa Teatro – 24º Festival Isnard Azevedo recebe um convidado pra lá de especial, o Grupo Galpão, de Minas Gerais. Com o espetáculo ‘De Tempo Somos – Um sarau do grupo Galpão’, a trupe se apresenta no dia 29 de setembro, às 19h30, no Teatro Ademir Rosa,do (MG). A ideia é fazer um sarau literário-musical, com músicas do repertório dos espetáculos do grupo, acompanhadas de textos de autores como Baudelaire e Bertolt Brecht.

No encerramento também será entregue o Troféu Isnard Azevedo 2919. Nesta edição a Fundação Cultural De Florianópolis Franklin Cascaes, entrega o Troféu Isnard Azevedo para a atriz, diretora e professora Fátima Costa da Lima, como reconhecimento e agradecimento a contribuição prestada ao teatro catarinense.

O Floripa Teatro – 24º Festival Isnard Azevedo é uma realização da Prefeitura Municipal de Florianópolis através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes e Ministério da Cidadania/Governo Federal. Com Patrocínio da Engie, através da lei de Incentivo à Cultura. Apoio: CEART/UDESC, Sesc/SC, Secretaria de Administração de SC, Fundação Catarinense de Cultura, Governo do Estado de SC.

MAIS INFORMAÇÕES