Mostra Cena Aberta nas Comunidades

24º Festival Isnard Azevedo

Casa do Palhaço

Rua Manuel Pedro Vieira, nº 601, Morro das Pedras, Florianópolis (SC).

23 de Setembro – 14h30
Espetáculo Convidado:
PLANTA DO PÉ
Maria Eugênia (São Paulo/SP)
Autoria: Maria Eugênia
Direção: Rosane Almeida
Gênero: Dança – Duração: 50 minutos – Classificação: livre

Por meio de dança, música e teatralidade o espetáculo Planta do Pé é um convite ao mergulho no legado artístico brasileiro. Fruto da fusão dos ritmos tradicionais brasileiros à referências artísticas contemporâneas, as cenas passeiam por figuras mascaradas, danças que narram histórias e ilustram sentimentos. Com delicadeza e informalidade o espetáculo compartilha com o público um pouco das infinitas possibilidades corporais e recriações artísticas que as manifestações populares brasileiras nos oferecem.

24 de Setembro – 9h30 e 14h30
Espetáculo Mostra Oficial:
PARA CONTAR ESTRELAS
Grupo Cirandela (Criciúma/SC)
Autoria: Grupo Cirandela e Grupo Cirquinho do Revirado
Dramaturgia: Luan Marques Joaquim
Direção: Reveraldo Joaquim e Yonara Marques
Gênero: Fantasia Filosófica – Duração: 50 minutos
Classificação: a partir de 8 anos

Os guardadores de tempo, dois seres imaginários e atemporais, viajam pelo universo em busca de capturar todos os tipos de tempo. Em cada lugar que aportam o procedimento padrão ditado pelo Relógio é realizado e assim um novo tempo é capturado. Hoje eles estão aqui atrás de um tempo ainda desconhecido para eles: um tempo aqui e agora. Será que o procedimento padrão de hoje será realizado com sucesso? Será que o mundo ainda tem tempo para ser guardado? Ainda se encontra um tempo livre “Para contar estrelas”?

25 de Setembro – 9h30 e 14h30
Espetáculo Mostra Oficial:
MEU PAI É UM HOMEM PÁSSARO
Cia Experimentus (Itajaí/SC)
Autor: David Almond
Direção: Daniel Olivetto
Gênero: Comédia Dramática – Duração: 55 minutos – Classificação:de 6 a 12 anos

Jack é um homem que, após a perda de sua esposa, vive sob os atenciosos cuidados de sua filha Lizzie. Apaixonado pelos pássaros e tomado pelo desejo de voar, Jack se vê diante da chance de lançar-se no ar quando é anunciado que a cidade receberá ‘A Grande Competição do Pássaro Humano’. O sonho do “avoado” pai passa a ser também um desejo de sua filha e, assim, novos laços começam a ser estabelecidos entre os dois, um homem pássaro e uma menina pássaro.

26 de Setembro – 9h30
Espetáculo Mostra Oficial:
A MENINA E SUA SOMBRA DE MENINO
Malagueta Produções (Florianópolis/SC)
Autoria: Paula Bittencourt de Farias
Direção: Pépe Sedrez
Gênero: Infantil | Duração: 45 minutos | Classificaçã: 4 a 10 anos
Obs. Após a sessão haverá debate com mediação do Profº José Ronaldo Faleiro.

Apresentação de cenas curtas resultantes de improvisações criadas pelos alunos durante o workshop. A performance será pública e terá caráter de demonstração das habilidades obtidas durante a oficina. Após o término da apresentação haverá um debate sobre o trabalho apresentado e a técnica da máscara

27 de Setembro de 2019 – 20h
Espetáculo Convidado Quintais Cênicos:
LA CONSPIRACIÓN DE LOS OBJETOS
Periplo Cia. Teatral (Buenos Aires / Argentina)
Autoria e Direção: Diego Cazabat
Gênero: Drama – Duração: 65 minutos – Classificação: 12 anos

Experiência “cênico-musical” onde três personagens evocam fragmentos selecionados de uma obra que parece eterna. Inconscientes de serem como ratos de experimento, interpretam situações cênico-musicais que os projetarão como seres do século XXI. Perpassados por circunstâncias, heranças, crenças e construções que direcionam o comportamento, operam dentro dos limites de uma realidade já arquitetada, escrita, predeterminada. Autópsia do homem atual, “La Conspiración de Los Objetos” questiona um mundo que só necessita indivíduos funcionais.

Escola Básica Prof.ª Herondina Medeiros Zeferino

Srv. Três Marias, 1072, Ingleses, Florianópolis (SC).

18 de Setembro – 14h30
Espetáculo Convidado: CLOWNTI
Jabru Teatro de Títeres (Medellin/Colômbia)
Autoria e Direção: Jorge Andres Libreros Lopera
Gênero: Teatro de Bonecos / Farsa Cômica
Duração: 45 minutos – Classificação: a partir de 5 anos

Teatro de animação. Com a técnica de títere (fantoche) de mesa, o espetáculo narra a história de um boneco “criança” que não conhece seu passado e ao abrir a maleta dos sonhos encontra diversos objetos que o ajudarão a descobrir seu passado e o mundo ao seu redor.

23 de setembro – 9h30
Espetáculo Mostra Oficial:
BONA BILICA E O BOI DE MAMÃO DE FANTOCHES
Cia. Pé de Vento Teatro (Florianópolis/SC)
Autoria: Vanderléia Will e Fernanda Giacomini
Direção: Vanderléia Will
Gênero: Comédia/Cultura Popular – Duração: 45 minutos – Classificação: a partir de 2 anos

Baseado em estórias da tradição oral, manifestações folclóricas e cantigas antigas presentes no litoral catarinense, o espetáculo é encenado pela hilariante personagem Dona Bilica e sua companheira atrapalhada, a palhaça Pina Blue. Dona Bilica quer contar suas estórias, afinal ela sempre foi uma boa contadora de estórias, seus causos de bruxas são os melhores, mas a palhaça Pina Blue é muito atrapalhada e não está encontrando o Boizinho, que ela quer mostrar para brincar com as crianças.

24 de Setembro – 14h30
Espetáculo Mostra Oficial:
MEU PAI É UM HOMEM PÁSSARO
Cia Experimentus (Itajaí/SC)
Autor: David Almond
Direção: Daniel Olivetto
Gênero: Comédia Dramática – Duração: 55 minutos – Classificação:de 6 a 12 anos

Jack é um homem que, após a perda de sua esposa, vive sob os atenciosos cuidados de sua filha Lizzie. Apaixonado pelos pássaros e tomado pelo desejo de voar, Jack se vê diante da chance de lançar-se no ar quando é anunciado que a cidade receberá ‘A Grande Competição do Pássaro Humano’. O sonho do “avoado” pai passa a ser também um desejo de sua filha e, assim, novos laços começam a ser estabelecidos entre os dois, um homem pássaro e uma menina pássaro.

25 de Setembro – 14h30
Espetáculo Mostra Oficial:
A MENINA E SUA SOMBRA DE MENINO
Malagueta Produções (Florianópolis/SC)
Autoria: Paula Bittencourt de Farias
Direção: Pépe Sedrez
Gênero: Infantil | Duração: 45 minutos | Classificaçã: 4 a 10 anos
Obs. Após a sessão haverá debate com mediação do Profº José Ronaldo Faleiro.

Apresentação de cenas curtas resultantes de improvisações criadas pelos alunos durante o workshop. A performance será pública e terá caráter de demonstração das habilidades obtidas durante a oficina. Após o término da apresentação haverá um debate sobre o trabalho apresentado e a técnica da máscara

Escadaria Pedro Soares

Teatro da UBRO, Centro, Florianópolis (SC).

13 de Setembro – 15h
Performance: “PROCURA-SE UM CORPO” 
Alunos Oficina de Performance
Criação e Direção: Tânia Farias (Porto Alegre/RS)
Gênero: Performance Urbana – Duração 50 minutos – Classificação: Livre
Em caso de chuva: Transferido para o mesmo dia e horário no Terminal Rodoviário Rita Maria ( Av. Paulo Fontes, 1101 – Centro, Fpolis/SC)

A performance, fruto do trabalho desenvolvido na Oficina de Performance ministrada pelo grupo Tribo de Atuadores Oi Nóis Aqui Traveiz, aborda a história de vítimas da ditadura militar no país, provocando uma reflexão sobre a memória e as perspectivas para o futuro, como propõe o tema da oficina.

Praça Clara Eulina Abreu Soares

Rodovia SC 406, Rio Vermelho, Florianópolis(SC). Em caso de chuva: Quadra da E.B. Maria Conceição Nunes - Rua Luiz Duarte Soares, 222 – Rio vermelho 20 de setembro de 2019 – 20h

Praia do Pântano do Sul

Final da Rua Abelardo Otacílio Gomes, Praia do Pântano do Sul, Florianópolis (SC). Em caso de Chuva: Tenda no mesmo espaço 21 de setembro de 2019 – 11h

Praça da Costeira do Pirajubaé

Av. Jorge Lacerda, Costeira do Pirajubaé, Rod. Admar Gonzaga 742 – 282, Itacorubi, Florianópolis (SC). Em caso de chuva: transferido para Ginásio da Escola Básica Municipal Adotiva Liberato ValentimTeatro Álvaro de Carvalho 21 de setembro de 2019 – 17h

Jardim Botânico de Florianópolis

Rod. Admar Gonzaga 742 – 282, Itacorubi, Florianópolis (SC). Em caso de Chuva: Galpão no Jardim Botânico de Florianópolis 22 de setembro de 2019 – 15h

AS AVENTURAS DO FUSCA À VELA
Ueba Produtos Notáveis (Caxias do Sul/RS).
Autor: Jonas Piccoli – Dramaturgia: Márcio Silveira
Direção: Jonas Piccoli
Gênero: Realidade Fantástica / Formas animadas – Duração: 50 minutos – Classificação: Livre

Releitura do clássico Moby Dick. O espetáculo se passa em torno de um ferro velho, onde dois se encontram em uma situação singular, confundindo realidade com fantasia. O velho Ismael conta e experimenta sua história através do seu fusca, transformando o carro em uma embarcação, conduzindo o espectador a viajar com seus delírios, para ver de perto a fúria de uma vingança. O jovem Jonas, nome inspirado no profeta Jonas que foi engolido pela baleia, entra na história ao jogar uma bola contra o fusca e assim chamar a atenção do velho Ismael. Os dois partem em uma surpreendente aventura, com tubarões, sereias, tempestades e a caça movida pelo sentimento de vingança a baleia Moby Dick.

Largo da Catedral

Centro, Florianópolis (SC).

20 de Setembro – 16h
Espetáculo:
A SAGA POR UM BANHO – PELO DIREITO A TER DIREITOS
Carolina Pommer e Movimento População de Rua (MNPR/SC) – (Florianópolis/SC)
Autoria: Carolina Pommer e MNPR
Direção: Carolina Pommer
Gênero: Teatro Político – Duração: 30 minutos – Classificação: 10 anos

Um dia na vida de uma pessoa em situação de rua que precisa tomar um banho e que, por diversos motivos, não consegue. Entre desejos e dificuldades, negligências e repressões, desafios para acessar as necessidades humanas básicas, belezas e angústias próprias da situação são expostas ao em forma de um teatro-denúncia sobre o direito à cidade. No elenco, pessoas que estão ou estiveram em situação de rua, fazem do espaço público – que é também é o local de moradia da maioria dos atores – um palco para narrarem suas próprias vivências e afirmarem suas existências.

23 e 24 de Setembro – 21h
Espetáculo Mostra Oficial:
IRACEMA VIA IRACEMA
Zózima Trupe em parceria com Agrupamento Andar 7 (São Paulo/SP)
Autoria: Suzy Lins de Almeida – Direção: Anderson Maurício
Gênero: Tragicomédia – Duração: 90 minutos – Classificação: 16 anos.
Obs.: O espetáculo ocorre em um ônibus. Público limitado.

O Espetáculo conta a história de uma mulher de origem rural, semianalfabeta que, em um determinado momento de sua vida, escolhe viver para sempre dentro de um ônibus urbano que se desloca pelas ruas da cidade. Nessa tragicomédia Iracema convida o público a viajar no ônibus através de suas histórias num jogo de sentimentos, sensações e imagens. Iracema é o porão empoeirado da cidade, o porão esquecido do ser humano e invisível, onde depositamos tudo que não queremos ver, onde escondemos a sujeira, o objeto antigo, o móvel deixado às traças, lugar onde os pesadelos dão cria e as baratas se escondem.

Travessa Ratclif e ruas do leste

Centro, Florianópolis (SC).

Dia 21 setembro de 2019 – 16h
Espetáculo Mostra Oficial:
CHULOS
Grupo: Dual Cena Contemporânea (São Paulo/SP)
Autoria: orientação dramatúrgica de Luís Alberto de Abreu
Direção: Ivan Bernardelli
Gênero: Musical /Teatro de Rua – Duração: 50 minutos – Classificação: livre

Três Reis Magos peregrinam pelo mundo e profetizam o nascimento de um novo rei. O mundo, porém, não acredita mais em profecias e, no meio da indiferença e da desesperança, os três magos testemunham o inusitado: o nascimento de palhaços que celebram e protegem o nascimento do novo. Um novo poderoso porque inocente, porque coletivo, porque expressão de todos os sonhos e utopias. Um novo que renova o mundo. “Chulos” encontra inspiração nas Folias de Reis e revela o fascinante universo das festas populares brasileiras em diálogo com as fragilidades sociais escondidas sob seu esplendor.

Casa das Máquinas - Praça Bento Silvério

Rua Henrique Veras do Nascimento, Lagoa da Conceição, Florianópolis(SC). 22 de setembro de 2019 – 19h

Instituto Arco-Íris

Travessa Ratclif, 56, Centro, Florianópolis (SC). 23 de setembro de 2019 – 20h

Espetáculo Mostra Oficial:
KASPERL E A CERVEJA DO PAPA
Grupo: Trip Teatro (Rio do Sul/SC)
Autoria: Paco Parício, Willian Sieverdt e Marcelo F. de Souza
Direção: Paco Parício
Gênero: Teatro de Animação – Duração: 45 minutos – Classificação: Livre

Num mosteiro muito antigo, onde se produz a melhor cerveja daquela região, a notícia da visita do Papa causa grande confusão. Conseguirá o Frei beberrão conter sua sede e reservar o melhor barril de cerveja para o Papa? Ou será necessário contar com a ajuda do popular Kasperl e sua maneira politicamente incorreta de resolver qualquer situação? Descobriremos na próxima rodada! Prosit!

Instituto Arco-Íris

Travessa Ratclif, 56, Centro, Florianópolis (SC).

Dia 23 de setembro de 2019 – 17h
Espetáculo Mostra Oficial: 
CARTOGRAFIA DO ASSÉDIO
Grupo: Karma Cia. De Teatro (Itajaí/SC)
Autoria: Pietra Garcia – Direção: Renato Turnes
Gênero: Teatro-performance – Duração: 65 minutos – Classificação: 14 anos

Performance que investiga a presença do corpo feminino no território urbano. Através de procedimentos documentais, baseados na coleta de depoimentos espontâneos de mulheres nas ruas, surge um mapeamento de violências cotidianas vividas por aquelas presenças femininas no espaço compartilhado da cidade. As falas dessas mulheres diversas, além da experiência pessoal da performer, dão sentido a uma dramaturgia composta por fragmentos de vozes, narrativas de memórias e representações visuais que compõem um percurso urbano cartografado.

Local interior: S.O.S. Tecnologia e Educação

Rua Felipe Schmidt, 51 Sala 201, Centro de Florianópolis (SC).

Local exterior A: Esquina das ruas Felipe Schmidt e Praça XV de novembro

Centro de Florianópolis (SC).

Local exterior 1: Esquinas das ruas Felipe Schmidt e Rua Trajano

Centro de Florianópolis (SC).

[O espetáculo inicia simultaneamente nos três espaços.]

27 de Setembro de 2019 – 16h
Espetáculo Mostra Oficial:
JOGO DA GUERRA
ERRO Grupo (Florianópolis/SC)
Autoria: Luana Raiter e Pedro Bennaton
Direção: Pedro Bennaton
Gênero: Performance e Intervenção Urbana – Duração: 77 minutos – Classificação: Livre

Teatro de Imersão que se inspira no Teatro Fórum e Teatro Invisível de Augusto Boal, cruzando-os a uma performance participativa, na qual as pessoas do público também são atores e autores. A ação de Jogo da Guerra é na rua, em espaços externos, onde pulsa a cidade, mas em três locais, dois públicos e um privado, interno, em diálogo. Esta dinâmica é adotada como disparadora da obra nos três espaços, criando diferentes camadas de experiência simultâneas que almejam um teatro que sobreviva ao atual mundo midiático e que aconteça além de relações binárias: ator-público, interior-exterior, jogo-vida, realidade-ficção, indivíduo-sociedade, presença-telepresença e emissor-receptor.

Bolsão final da Av. Beira-Mar Continental

Bairro Estreito, Florianópolis (SC).

PROJETO CONEXÃO CULTURAL - Arena Palco Móvel
Projeto patrocinado por Lei de Incentivo a Cultura – Patrocínio: Tigre e ICRH Realização – Magma Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal

Dia 26 de setembro de 2019 – 14h
Dia 27 de setembro de 2019 – 8h30 e 14h
Dia 28 de setembro de 2019 – 10h e 15h
Dia 29 de setembro de 2019 – 10h
Espetáculo Convidado:
AS PALHAÇAS AQUÁTICAS EM: CADÊ A ÁGUA?
Trip Teatro (Rio do Sul/SC)
Autoria e Direção: Emeli Barossi, Suzi Daiane
Assistente Dramaturgia: Thiago Barba
Duração: 40 minutos – Gênero: Palhaçaria/ Comédia – Classificação etária: Livre

A maior competição aquática do mundo vai começar! As palhaças Asmeline e Poulain estão prontas para dar um show em sua incrível piscina! Mas bem na hora do “tchibum”… Cadê a água? O que aconteceu com o maior bem do nosso planeta? Entre risos e aventuras, emoções e descobertas, você terá a oportunidade de aprender com essas fantásticas palhaças aquáticas como preservar e cuidar da nossa água e garantir que o show não pare!

Dia 26 de setembro de 2019 – 15h
Dia 27 de setembro de 2019 – 9h30 – 15h
Dia 28 de setembro de 2019 – 11h e 16h
Dia 29 de setembro de 2019 – 11h
Espetáculo Convidado:
BENEDITO, ABENÇOADO E BENDIZIDO
Grupo Mamulengo Fuzuê (Brasília/DF)
Autoria e Direção: Thiago Francisco
Gênero: Mamulengo – Duração: 50 minutos – Classificação: Livre

Através da Linguagem do Mamulengo, folguedo popular reconhecido como Patrimônio Imaterial desde 2015 pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o espetáculo conta a história de Benedito e Rosinha e sua luta por trabalho e justiça. Enfrentando os desmandos e o autoritarismo do Capitão João Redondo, que tudo quer comprar com seu dinheiro e sua busca cega pelo poder, Benedito têm que lançar mão de muita esperteza e sabedoria para fugir dos perigos e seguir sua caminhada junto a sua companheira Rosinha. A partir da irreverência e comicidade típicas do Teatro Popular de Bonecos do Nordeste, personagens tradicionais do folguedo abordam temas contemporâneos ligados ao conceito de sustentabilidade, como a produção e o consumo consciente. Através de um singelo passeio pela cultura popular brasileira o enredo também nos apresenta de forma subjetiva outros conceitos que devem se somar aos três “Rs” da Sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) que são o Respeito a si mesmo, o Respeito ao próximo e Responsabilidade por suas ações.